Pular para o conteúdo

DIA DE CAMPO NO INTERCÂMBIO SUL/NORDESTE

  • por

Os dirigentes da FETAR-RS participaram do Dia de campo no Intercâmbio com os assalariados e assalariadas do Vale do São Francisco. Nesta quarta-feira, 11/05, os dirigentes sindicais do sul e nordeste, visitaram as empresas agrícolas Fazenda “Global I- Importação e Exportação”, no distrito de Itamontiga, em Juazeiro-BA e “Ebraz-Mandacaru”. “Conhecemos a produção de uvas e o formato de segurança e saúde da empresa. Ouvimos as mulheres, principalmente, no campo, e entendemos as práticas desenvolvidas aqui na região”, afirmou Sérgio Poletto, presidente do STTAR de Vacaria-RS.

No Dia de Campo do intercâmbio, foi possível conhecer maquinário, implementos, produtos químicos utilizados nas plantações e o processo de embalagem de frutas. O presidente da CONTAR, Gabriel Bezerra, que também é da região sul do país, acompanhou uma das 6 fazendas do grupo empresarial da “Global”. No diálogo com o gerente financeiro da empresa, Renato Doy, recebeu a informação que até o final deste ano, 1200 assalariados estarão na produção de uva na empresa visitada.

Nos diálogos com as mulheres que produzem e colhem uva na empresa “Global I”, a questão da segurança e saúde foi uma das pautas principais. “Perguntamos sobre o uso de E.P.I no processo de aplicação de agrotóxicos, limpeza das vestes pós uso dos produtos, e também conversamos sobre lesões de esforços repetitivos. Tudo isso, porque queremos entender como funciona e se aplica na região do Vale do São Francisco”, declarou Sérgio Poletto.

José Manoel – Zezinho – presidente do STTAR de Juazeiro-BA, durante o intercâmbio, aproveitou o momento com as trabalhadoras e trabalhadores, para anunciar as garantias que a categoria tem com a Convenção Coletiva de Trabalho – CCT – que foi recentemente acordada entre patrões e empregados. “Esse intercâmbio é para mostrar a vida real no campo aqui no Vale, sem maquiagem e como ela é. Os dirigentes do sul do país, vão entender nossa realidade”. Afirmou Zezinho do Sindicato.
Ainda no campo, e conversando com as mulheres assalariadas rurais, Samara Maria, membro da Comissão Nacional de Mulheres da CONTAR e dirigente do STTAR de Juazeiro, ouviu também as questões da mulheres no campo. “Nós vamos mostrar nossas conquistas que tivemos na CCT de 2022, e as mulheres cada vez ocupam o lugar no mercado de trabalho e na participação sindical”, afirmou Samara Maria.

Gabriel Bezerra, durante o primeiro Dia de Campo do intercâmbio, também acompanhou o processo da produção de manga na empresa “Ebraz-Mandacaru”, no município de Juazeiro. As principais curiosidades sobre a fruta, tempo de maturação, aplicação de produtos químicos e a situação de trabalho dos empregados no campo, foram os temas da visita. “Nesta quinta-feira, vamos visitar e conhecer as realidades dos trabalhadores (as) em Petrolina-PE, ainda na região do Vale do São Francisco. Estamos já nos preparando para a segunda etapa do intercâmbio, que é a visita dos dirigentes sindicais locais até o sul do Brasil”, declarou Gabriel Bezerra.
Nesta quinta-feira, 12, os dirigentes sindicais, participam também de uma reunião com membros do MPT – Ministério Público do Trabalho – e Universidade do Vale do São Francisco, sobre as estratégias para o enfrentamento ao uso indiscriminado de agrotóxicos. Segundo Gabriel Bezerra, a segunda etapa do intercâmbio em Vacaria-RS, será entre os dias 31 de maio e 3 de junho. Juliana Oro, assessora Sindical de Segurança e Saúde da FETAR-RS e Francisco Silva do STTR de Juazeiro-BA, também participam das atividades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *