Pular para o conteúdo

Criada a Comissão Estadual de Mulheres Assalariadas Rurais em Pernambuco

“A organização das trabalhadoras assalariadas rurais é fundamental para promover melhores condições de trabalho e de vida na sociedade”, afirma a secretária de Gênero e Geração da CONTAR, Samara Souza. “Por isso, é um marco importante a criação da Comissão Estadual de Mulheres Assalariadas Rurais em Pernambuco, porque quando as mulheres se unem, se tornam mais fortes para lutar contra a discriminação, desrespeito e os diversos tipos de violências”, afirma a dirigente.

A criação da Comissão Estadual de Mulheres aconteceu no Encontro das Mulheres Assalariadas Rurais do Pernambuco, no dia 10 de junho, e foi formalizada no Conselho Deliberativo da Federação dos(as) Trabalhadores(as) Assalariadas Rurais do Estado de Pernambuco (Fetaepe) no dia 11 de junho.

Criar comissões para fortalecer as pautas de gênero

A criação de comissões estaduais de mulheres é um dos objetivos de projeto feito pela CONTAR com a entidade sindical alemã DGB para enfrentar as desigualdades de gênero e a discriminação racial nas áreas Rurais no Brasil, fortalecendo a lutas das mulheres nas organizações.

No encontro, a secretária de Gênero e Geração da CONTAR explicou os objetivos do projeto entre CONTAR e DGB e também sobre as atividades realizadas pela Comissão Nacional das Trabalhadoras Assalariadas Rurais, como a atuação nos espaços governamentais. Samara falou ainda sobre a importância da criação das comissões Estaduais de mulheres para o fortalecimento das questões de gênero nas negociações de direitos e proposição de pautas.

“Questões sobre licença-maternidade, creche, direito à amamentação, diversas questões de saúde e sobre violências e discriminações geralmente são ignoradas quando apenas os homens negociam as pautas. As mulheres precisam se unir para levarem essas questões para os debates internos e também com as empresas, destaca Samara Souza.

O Encontro das Mulheres Assalariadas Rurais do Pernambuco contou com mulheres das Zona da Mata Norte, Sul e do Sertão do São Francisco e foi realizado no Centro de Formação e Lazer (CFL) do Sindicato dos Servidores Públicos Federais da Saúde e Previdência Social do Estado de Pernambuco-SINDSPREV,  em Recife (PE).